Quem Somos

A Rio Verde é uma gestora de fundos de ações estabelecida desde 2003. Nosso desafio é selecionar ações promissoras para entregar retornos consistentes de longo prazo, compatíveis com os níveis de riscos exigidos por nossos investidores.

RENTABILIDADE DOS NOSSOS FUNDOS E CLUBES

 

Produtos COTA (R$) 20/05 dia Mês Ano 12 MESES 24 MESES 60 MESES INÍCIO DATA DE INÍCIO
Rio Verde Small Caps Fia 396,440 1,01% 0,46% 0,80% -23,79% -1,09% 78,86% 296,44% 28/06/2007
Rio Verde Valor Plus Fia* 3,375 0,78% -0,19% -1,35% -24,65% -1,45% 73,74% 237,53% 28/11/2008
Clube RVI Acesso 550,343 0,22% -1,21% -0,29% -26,54% 5,19% 115,01% 450,34% 28/12/2006
Clube RVI Valor 709,456 1,23% 1,27% 0,87% -26,21% -14,59% 78,85% 609,46% 29/06/2005
Ibovespa 108.487,88 1,39% 0,57% 3,50% -11,51% 32,02% 75,91%
Índice Small Caps 2.239,45 0,44% -3,16% -5,32% -24,45% 23,66% 75,74%
CDI 0,05% 0,70% 4,01% 7,66% 10,03% 32,34%
Dólar 4,8777 -0,86% -0,84% -12,59% -8,01% -12,60% 49,38%

* A Rio Verde passou a realizar a gestão do Fundo a partir de 14/12/2009.

 

ESPECIALISTAS NAS SMALL CAPS

COMPRAR PARTES DE UMA EMPRESA – VISÃO DE DONO

SMALL CAPS é a classe do investimento em ações que mais se aproxima da ideia de que investir em ações é comprar pequenas partes de uma empresa. Selecionamos as ações com perspectivas de longo prazo, avaliando as possibilidades de cada empresa se desenvolver, crescer, melhorar a rentabilidade e eventualmente se qualificar a ser uma grande companhia. Um misto de valor com algum crescimento. Estamos interessados em comprar ações abaixo do valor que avaliamos justo. Não compramos uma ação hoje para vender amanhã, nosso posicionamento é de longo prazo e por conta disso, requer cuidados e acompanhamento em nível muito elevado.

SMALL CAPS É ”ARTE”

Gerir um fundo de Ações SMALL CAPS é uma arte, no sentido que não há padrões de comparação entre fundos dessa categoria. São únicos e muito diferentes entre si. Essas diferenças passam fundamentalmente pela experiência profissional e de vida dos profissionais envolvidos com a gestão. A menor liquidez das Ações SMALL CAPS dificulta mudanças de posições, o que requer uma mistura de assertividade nas decisões e paciência para que se evite a realização de um prejuízo em momento inadequado e se possa esperar o momento certo de valorização.

POTENCIAL DE GANHOS PLENO DEPENDE DO AMBIENTE MACROECONÔMICO

As empresas SMALL CAPS têm como característica o grande potencial de alavancagem operacional à medida que o modelo de negócios se mostra adequado (empresa pronta para crescer e obter retorno). Nesse momento o ambiente macroeconômico toma peso relevante para indicar qual patamar de vendas, lucros e retorno será possível atingir. As idas e vindas da economia brasileira nos últimos anos têm dificultado o atingimento pleno do potencial das empresas e por consequência das suas ações.

GANHOS SUPERIORES NO LONGO PRAZO PARA UMA PARCELA DO PATRIMÔNIO

Em mercados mais maduros (EUA, Europa e Japão) fundos de ações SMALL CAPS são os mais rentáveis na categoria ações. No Brasil não é diferente, vide índice SMALL CAPS. Esse histórico justifica que parte dos recursos investidos em ações estejam direcionados para fundos/ações SMALL CAPS.

EM 18 ANOS – MUITO MAIS ACERTOS DO QUE ERROS

Alguns Acertos
UOL (UOLL4) | SUZANO PETROQ (SZPQ4) | COSAN (CSAN3) | ALPARGATAS (ALPA4) | ABRIL EDUCAÇÃO (ABRE11) | COMGÁS (CGAS5) | BANRISUL (BRSR6) | B2W (BTOW3) | COSAN LOGISTICA (RLOG3)

Alguns Erros
INEPAR (INEP4) | TRIUNFO (TPIS3) | MARFRIG (MRFG3)

RETORNOS À LONGO PRAZO

Background

Aplique e Acompanhe seus investimentos, por meio da nossa plataforma totalmente online. Tenha acesso aos nossos fundos de maneira rápida e segura.

1. Faça seu Cadastro 100% online
2. Conheça Nossos Fundos
3. Acompanhe seus Investimentos

Petrobras é destaque nos balanços do 1º trimestre; varejo e incorporadoras caem

Na entrevista para a CNN Brasil, Eduardo Cavalheiro e outros especialistas analisam a temporada de resultados do primeiro trimestre das cias listadas na B3.

Mercado Financeiro: O Cenário Sombrio Deve Prevalecer

No artigo desse mês, Eduardo Cavalheiro faz uma análise do conturbado cenário mundial e seus possíveis impactos para os mercados financeiros. “Mercado Financeiro: O Cenário Sombrio Deve Prevalecer”.

Entrevista exclusiva de Eduardo Cavalheiro, gestor da Rio Verde Investimentos a Carlo Cauti, editor da Exame Invest sobre as perpectivas para as Small Caps

Eduardo faz uma análise detalhada dos fatores que estão influenciando as SMALL CAPS no momento, destaca os critérios que utiliza para selecionar as ações e ressalta as grandes oportunidades que vê para o futuro.

As aplicações dos cotistas não contam com a garantia do Administrador, do Gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou, ainda, do Fundo Garantidor de Créditos – FGC. A rentabilidade obtida no passado não representa garantia de rentabilidade futura. Ao investidor é recomendada a leitura cuidadosa do prospecto e do regulamento do Fundo ou estatuto do Clube ao aplicar os recursos. Os Fundos e Clubes utilizam-se de estratégias com derivativos como parte integrante da política de investimentos. Essas estratégias, da forma como as quais são utilizadas podem resultar em perdas significativas para seus cotista. Os fundos multimercados com renda variável, fundos de renda variável e Clubes de Investimentos em Ações podem estar expostos a significativa concentração em ativos de poucos emissores, com os riscos daí decorrentes. Para a avaliação da performance do Fundo ou Clube é recomendável uma análise do período de 12 meses. A RVI não comercializa nem distribui cotas de Fundos de Investimentos ou qualquer outro ativo financeiro. Todas as informações contidas nesse site são meramente informativas e não devem ser consideradas recomendações, sugestões ou venda de qualquer título e valor mobiliário.